“Elas (as slot machines) ficam ali como jovens cortesãs, prometendo prazeres nunca antes sonhados, os teus mais profundos desejos realizados, toda a luxúria satisfeita.”

Se entrar num casino tradicional durante o dia encontrará – doutores, advogados, professores, motoristas, treinadores, estudantes… com os olhos bem abertos, ouvidos atentos… Quando as portas dos casinos tradicionais abrem às 15h00, alguns alinham-se rapidamente como numa corrida de cavalos para conseguirem a “sua” máquina, que deixaram na noite anterior, onde provavelmente jogaram durante horas na esperança e expectativa de ultrapassar o dinheiro apostado. Com frequência, apenas atiram e atiram as moedas para a máquina na esperança de um jackpot.

Nos dias de hoje, é um pouco mais sofisticado; já não há tantas moedas. Agora pode apostar notas de 20, 50 ou 100 Euros. Pode utilizar cartões (como cartão de débito) que pode carregar, e apenas colocar na máquina, atingir a aposta máxima, e ver as rodas a girar até ficar tonto. Mais cedo ou mais tarde, será possível ter o seu cartão de débito ligado directamente à sua conta bancária para poder continuar a apostar e apostar. Mas, algumas pessoas, normalmente as mais idosas, preferem deitar as moedas pela pura diversão. Os casinos ainda não desistiram destes tipos de máquinas, porque as pessoas ainda adoram o modo antigo.

A maioria das pessoas não acredita que as Slots possam ser ultrapassadas ou que para jogar nelas seja necessária uma capacidade especial.

Um conhecido uma vez disse “O que é preciso saber acerca das Slots? Puxe a alavanca ou carregue no botão. Se tiver sorte, ganha. As Slots foram inventadas para pessoas que querem jogar com o menor esforço possível.”

Existem muitas ideias erradas acerca das Slots. Primeiro, existe o mito que não ganha e que se isso acontecer é uma mera questão de sorte. A maioria das pessoas que joga nas Slots acredita de facto nisto. É uma das razões pelo que não têm interesse em aprender nada acerca do que se pode chamar bandidos com um braço).

Tagged with: