Humanos que somos, adoramos riscos, adrenalina, emoção e, claro, ganhar… pelo que as apostas remontam ao início da humanidade.

Porque apostamos?

Porquê apostar no Totoloto?

Porque jogamos nos casinos?

Será a emoção da vitória ou a agonia da derrota?

Será a atracção pelo risco que adoramos assumir?

As apostas a dinheiro parecem cair numa categoria especial do comportamento humano, que escapa às regras normais pelas quais nos regemos, tendo em conta que, nos casinos, as pessoas mudam dramaticamente o seu comportamento. Podemos ver pessoas avarentas ansiosas por gastar o seu dinheiro ou mesmo pessoas que coleccionam cupões ou vales de gasolina todas as semanas de forma a poupar dez euros na mercearia e a não pensarem duas vezes antes de gastarem 100, 500 ou mesmo milhares de euros em Casinos. A disciplina tem tudo a ver com a capacidade de desenvolver um plano vencedor. O controlo tem a ver com a capacidade de a cumprir.

Existem muitos denominadores comuns subjacentes ao negócio dos casinos… Os jogos de casino, Poker, loto e muitos outros novos jogos estão para ficar e estão a crescer a uma velocidade interessante, especialmente através da internet. Os casinos online surgem em todo o lado desde a sua página de Hi5.com, Facebook.com até ao Twitter entre outros grupos sociais.

Agora, durante a crise como a que vivemos, enfrentamos o desespero, pelo que podemos perder o pouco que temos num casino, seja virtual ou tradicional. A tentação do jogo rodeia-nos por todos os lados…

Tagged with: