Quando entra num casino dito tradicional é provável encontrar pessoas com pouca educação. A lista de ofensas seria extensa.

É óbvio que quando alguém começa a perder o seu dinheiro ganho com suor não pode esperar gargalhadas. Irão existir sempre dias em que parecerá que uma espécie de nuvem nublada decidiu pairar. Mas o importante é que pode levar estes maus dias com um pouco de classe e graça em vez de deitar as culpas no vizinho do lado.

Sem dúvida a seguinte lista de etiqueta pode aplicar-se à vida em geral. E o facto da maioria das pessoas chegar à idade adulta legal sem a conhecer dá que pensar. No fim de contas, enquanto a análise dos prós e contras a nível online não importa muito, se agir como um idiota num casino tradicional pode ficar numa situação melindrosa — o que não é agradável mesmo que esteja a ganhar.

Regra N.1: Conhecer o jogo

Pode parecer espantoso mas há pessoas capazes de apostar efectivamente em algo que não conheciam até há cinco minutos. Seriamente, ninguém quer sentar-se e explicar-lhe as regras do jogo enquanto tentam concentrar-se nas próprias mãos ou apostas. Se questionar um negociador é provável ter informação errada porque não há nenhum incentivo para que um casino lhe dê a conhecer as regras.

É realmente chato quando surgem na mesa de jogo pessoas sem a mínima ideia do que se passa. Mais, é capaz de arruinar a estratégia de alguém ao interrompê-lo mas não há dúvida que o casino não vai parar o jogo enquanto recebe uma lição.

Regra N.º 2: Não se Intrometa

Os jogadores puros e duros são um grupo supersticioso e muitos têm a noção que um jogador extra numa mesa de Poker ou Blackjack irá arruinar o fluxo da jogada. Como regra geral, não deverá nunca interromper um jogo a meio. A melhor política será perguntar simplesmente: “Importa-se que me junte?” Se o outro jogador disser que “não” poder-se-á sentar sem grandes problemas, se disser “sim, importamo-nos”, esta é a dica para ir procurar outra mesa.

Para jogadas medianas, porém, não existe qualquer tipo de excepção. Se tentar fazer isto, quer no Blackjack, hold’em, Roleta, pai-gow, Craps ou Baccarat, o negociador normalmente irá ignorá-lo. Claro que por vezes eles irão deixar tudo o que estão a fazer para o deixar entrar —especialmente se os chatear constantemente. Mas uma vez dentro, pode ter a certeza que entrou num ninho de vespas, de pessoas que não estão muito receptivas a parar tudo por sua causa.

Regra N.º 3: Tenha atenção às beatas e pastilha elástica

Sim, os casinos são um dos últimos estabelecimentos no “mundo livre” a permitir tabaco, mas não tem que ser descuidado. Normalmente, as empregadas de mesa estarão muito solícitas em lhe oferecer os cinzeiros, portanto não há desculpas para deixar cinza por todo o lado. Vejamos a realidade: ninguém gosta de beatas. E, considerando que muitas das pessoas que frequentam os casinos tradicionais apreciam estes privilégios, a maioria não quer perdê-los apenas porque o casino está cansado de limpar as carpetes.

Se, por outro lado, é viciado em chiclets NUNCA as esconda numa mesa de casino, tal como as beatas. No fim de contas, as pessoas na mesa de jogo estão a tentar concentrar-se—no dinheiro delas sem dúvida. Não há tolerância perante uma pessoa que age como uma secretária num filme de adolescentes dos anos 80 ou que gosta de largar as coisas onde um sapato insuspeito as pode encontrar.

Regra N.º 4: Não mexa nas fichas de outros jogadores

Coloquemos assim as coisas: gosta quando um completo estranho começa a sondar o seu dinheiro? Não me parece.

Regra N.º 5: As baboseiras são por sua conta e risco

Quando perde, não diga palavrões, não acuse o negociador de batotice e não ande para cima e para baixo a dizer “Não quero”. E na mesma moeda, não aja de forma superior, não dê conselhos condescendentes e não se saia com “Eu bem te disse” quando ganha. Este tipo de comportamento distrai mas mais importante não lhe vai dar pontos daquele jogador que perdeu tempo a digerir a sua vitória.

Regra N.º 6: Seja Simpático com o Staff

Ficar com “carradas” de dinheiro de outros pode ser um trabalho ingrato. Pelo que os negociadores, empregadas e funcionários de piso não precisam que lhes torne o trabalho mais difícil. Por exemplo, não chame o negociador de mentiroso e não o calunie. E não tente manobrar a bonitinha que quer entrar na faculdade com martinis Franceses.

Mas a melhor parte desta “simpatia” é que deveria oferecer gorjeta ao staff do casino quando está de saída. Se tiver um sistema ou estratégia forte, partilhe a fortuna! Normalmente as empregadas de mesa e negociadores — tal como a maioria das pessoas— não recebem o que pensam ser justo, e normalmente esperam pelas gorjetas para pagar a renda. No geral, a melhor forma de chamar a atenção do negociador é simplesmente assegurar-se que têm um interesse comum: em vez de dar dicas sem sentido, faça uma aposta separada e diga “Esta é para o Croupier”.

Regra N.º 7: Não se Desvie

Conhece aquele bêbado que está sempre a debitar sentimentalidades com cheiro a bafo? Sim, não seja essa pessoa.

Apesar de normalmente as bebidas serem grátis, situações tais como verter o seu rum e cola sobre a mesa não são agradáveis. Os casinos, em regra, encorajam a bebida porque leva as pessoas a fazerem apostas ridículas, mas não faça confusão, se exagerar, sairá do casino mais depressa do que com patins.

Regra N.º 8: Não vá atrás das compensações:

As compensações são pequenos prémios de consolação dados às pessoas que gastam milhares e milhares. De um ponto de vista, se estiver a aprender correctamente e se prestar atenção aos nossos artigos de estratégia, não perderá mais do que precisa, para ser correctamente compensado.

Mas supondo que perde mais do que deve, uma consolação nunca é nada da qual orgulhar-se ou desejar. Afinal, quem quer gastar centenas de dólares para depois ter apenas uma bebida grátis ou café? Damos uma dica: se ganhar uma compensação aprecie a mesma em silêncio. Caso contrário, não barafuste.

Regra N.º 9: Não seja Desenquadrado:

Como regra essencial, se a sala estiver bastante ocupada limite-se apenas a uma máquina. Ao jogar em mais do que uma máquina, acima de tudo, não irá aumentar as suas probabilidades e estará a assumir mais espaço do que aquele que precisa.

Se tiver que se ausentar faça-o discretamente, assinalando com um copo de moedas voltado para baixo ou com um cinzeiro limpo voltado para baixo no seu banco. Se o fizer por bastante tempo, liberte o lugar para outra pessoa.

Regra N.º 10: Seja Asseado

Algumas pessoas gostam de ter pilhas de fichas em toda a volta e de serem “espaçosas”. Realmente, temos pena se é uma dessas pessoas.

Mais do que isso, é de facto estúpido. Penso no quanto mais fácil seria, por exemplo, ter as fichas bem ordenadas em conjuntos de digamos 10 fichas. Se tivesse cinco conjuntos com 10 fichas de €1 em cada linha, pode dizer que tem num instante €50!  Mais, não só o ajudará a ter noção do quanto ganhou e perdeu, mas também a contar as suas apostas rapidamente.

Portanto, a limpeza é uma questão de estratégia básica. Não tem que se preocupar com as suas fichas misturarem-se com as de outra pessoa. E quando é tempo de receber dinheiro, pode ter a certeza que o pagamento do negociador está certo porque já sabe o que tem antes de entregar as suas fichas.

Tagged with: